• Facebook: turismolandia
  • Twitter: turismolandia
  • YouTube: turismolandia
  • Picasa: 114282645737297000430
  • Orkut: 16647163016079994473

FacebookMySpaceTwitterGoogle Bookmarks
Foz do Iguaçú - Dicas de Viagem e de compras no Paraguai Imprimir E-mail
Escrito por Beto Torres   

Muita gente associa Foz do Iguaçu ao Paraguai, aos sacoleiros e ao contrabando. Essa imagem vem sendo desmistificada e a cidade vem se tornando um dos principais pontos turísticos do País, só nesta década, o total de desembarques no aeroporto internacional de Foz passou de cerca de 230 mil, no ano 2000, para pouco mais de 850 mil no ano passado, um incremento de aproximadamente 370%, número que tende a aumentar nos próximos anos com a eleição das Cataratas do Iguaçú como uma das sete maravilhas da natureza. Estatísticas a parte, vamos ao que interessa!

cataratas

O taxi do aeroporto para o centro é tabelado, saiu por cerca de 45 reais em dezembro de 2011. Pra quem quer economizar, é interessante procurar um hotel próximo da estação de ônibus de Foz, que fica na esquina da Rua Tarobá com a Rua Mém de Sá. De lá é possível tomar ônibus para fazer as visitas na Usina de Itaipú e para as Cataratas do Iguaçú Brasileiras e Argentinas a preços muito mais módicos do que os passeios fornecidos pelas operadoras de turismo na cidade...

O aeroporto internacional de Foz é bastante acanhado, mas possui caixas eletrônicos de todos os principais bancos. A dica é já aproveitar e sacar uma boa quantia, principalmente se pretende ceder a tentação e fazer uma visitinha ao Paraguai. Se for neste país, dê sempre preferência a pagar em dinheiro já que, quando compra no cartão, além das habituais taxas cobradas pelo governo, o valor, apesar de ser infornado em dolar, é processado  em Guarani - moeda local, o que abre espaço para que você seja enrolado na conversão.

Aproveito o ensejo para pedir que tenham cautela em suas compras no Paraguai. Evitem comprar em lojas onde produtos possuem preços que são muito  mais baratos do que em outras lojas do próprio Paraguai, aqui a falsificação corre solta! Perfumes e bebidas, principalmente, devem ser comprados em lojas de referência, como a Monaliza ou a La Petisqueira, o preço um pouco mais caro desses locais é compensado pela segurança na compra.

Eletrônicos também devem ser comprados com cuidado, sobretudo pelo alto custo associado. As lojas mais confiáveis são a Mega Eletrônicos e a Master 10. Ambas as lojas divulgam a lista de preços de todos os seus produtos em seus sites na internet, uma boa dica é olhar com antecedência o que vai comprar e se programar.

Se estiver de carro, próprio ou alugado, nem pense em ir com ele para o Paraguai. Já sofri na pele tentativa de extorsão no lado paraguaio, pivetes batendo no carro, ameaçando quebrar vidro se não lhes déssemos 20 reais, e isso a menos de 100 metros do policial paraguaio. Será que se tivéssemos dado um chega pra lá nos moleques o guarda veria? Enfim, atravesse a ponte a pé ou através de algum transporte local. Lá no paraguai não será preciso meio de transporte para se deslocar, a pé você consegue visitar comodamente todas as lojas que desejar.

ciudadeDelEste

Tenha atenção em relação ao horário de funcionamento das lojas no Paraguai. O horário local é diferente do Brasil, na época que estive lá, as lojas abriam e fechavam mais cedo do que as do Brasil. Tenha em mente, também, que lá, como aqui, as lojas não funcionam no Domingo e nem todas abrem no Sábado (boa parte só abre pela manhã). Programe tempo suficiente para as compras, você vai ver como o tempo passa voando por lá ;-) Recentemente, abriu um shopping bem próximo da ponte, o local funciona até mais tarde, mas os preços são significantemente mais caros do que nas lojas de rua. Não se deixe levar por encontrar lá preços baixos em comparação ao Brasil ou irá morrer de raiva ao ver os preços das lojas de rua.

A última dica é: chore até o fim! Lá os vendedores vão pela cara, se você perguntar a três vendedores diferentes o preço de um produto, cada  um vai lhe dar um diferente , na verdade "bem diferente". Perguntei a uma vendedora o preço de um tablet, ela me disse 170 dólares. Pouco depois, perguntei a outra o preço do mesmo equipamento e, sem titubear, ela disse 130 dólares... lembro que só fiz perguntar, não chorei nada! Antes de ir as compras, dê  uma olhada nos sites de referência das grandes lojas, principalmente de eletrônicos - Mega Eletrônicos e a Master 10, para descobrir quando tentarem te passar a perna.

 

Joomla SEO by AceSEF

Comentários

Share on Myspace

Busca no Site

Roteiros Nacionais

Roteiros Internacionais

Dicas

Parceiros

Axepa_logo-bg